10 novembro 2014

CAUSOS DA SEMANA

SOBRE GOOD VIBES NUMA MANHÃ

a caixa do mercado resolveu ficar trocando umas ideias comigo enquanto eu terminava de ensacar minhas compras. na lotérica uma mulher veio conversar comigo sobre a filha dela também ~só gostar de preto~ e ter uma bota igual a minha. no restaurante várias funcionárias me cumprimentaram enquanto eu me servia e uma delas ainda ficou trocando uma ideia enquanto eu esperava meu pai terminar de almoçar. entre outras good vibes.

SOBRE VIVER COM GATOS

namorado vai tomar banho e encosta a porta do quarto. a porta abre por causa do vento. acordo com algo encostando nas minhas costas e olho pra cama. o namorado ainda não está no quarto. wtf. o que foi isso? olho pra trás a lince começa a miar. no susto faço ela sair do quarto. fecho a porta. o namorado volta para o quarto. enquanto conto o acontecido escuto outro miado. carai tem outro gato aqui? neném sai de baixo da cama, vai até a porta e começa a miar. fecharam a porta por que?

obs. todas as vezes que li esse causo, na parte do "neném sai" eu li "ninguém sai, meu óculos" e tive que reler pra ver se tinha escrito errado.

SOBRE MORAR EM UM TERRENO COM MUITAS PLANTAS

levar cagaço ao ver um inseto voador não identificado sobrevoando sua cabeça dentro do seu quarto depois de ter deixado a porta aberta. matei antes de descobrir o que era.

20 comentários

  1. Eu não sei o que aconteceu, acho que o google comeu meu comentário (????)
    mas, de qualquer forma falarei novamente, eu queria ter gatos :( eles são tão lindos, tão independentes... e fazem umas paradas surreais. são quase gente <3

    isso de morar em meio a plantas e tal, e sei coé. ate o final do mes passado eu tava meio que morando no meio do mato, assim, sei lá explicar, e o único inconveniente era isso, os insetos com asas. aterrorizante as vezes, cara! umas vespas gigantes apareciam batendo no meu óculos... tipo, na minha face mesmo, sabe? terror haha

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. why google why

      ai então adote ♥ é amor demaxxxx

      e sim, se tratando de mei do mato vs insetos, a zoeira não tem limites. eles se jogam na sua cara sem dó

      Excluir
  2. ADORO quando o universo conspira a favor e o dia fica cheio de good vibes! <3

    ResponderExcluir
  3. cagaço de inseto (voador ou não): também tenho, rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHA bem isso. voador ou não, quero longe.

      Excluir
  4. quando morei em Debrecen eu dormia com a bendita da janela fechada porque TODA noite entrava uns mosquitões não identificados e as paredes já tavam ficando coloridas de tanto eu esmagá-los.

    Não sei viver num mundo que tenha mosquitos vlw flws

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. graçadeux ainda tô livre de mosquitos por enquanto. também não sei lidar. aliás, quem é que consegue dormir com eles na sua cara

      Excluir
  5. TO RINDO HAHAHAHAHAHA
    como você confundiu NENÉM SAI com NINGUÉM SAI, MEU ÓCULOS??? hahahahaha

    SOBRE bichos estranhos: tenho pavor!

    http://www.novaperspectiva.com/

    ResponderExcluir
  6. Sobre o causo do gato: lembrei que esta noite sonhei com gatos que ficavam me seguindo all over the place, hahahaha
    Sempre ocorre algo assim, pareço ser um imã de animais, é incrível. Minha janela do quarto nunca pode estar aberta quando eu estiver distraída porque eles entram aos montes e o susto é grande. :p

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA igual os gatunos daqui. parecem até cachorro, ficam te perseguindo pelo terreno.

      Excluir
  7. Ahahahahahhahah esses gatuxos são um barato! Já tive 5 cachorros (mas nunca vivendo ao mesmo tempo) e era sempre um barato!
    Adorei seu blog Ba! Um espaço pra lá de relex e cheio de coisas lindas e bacanas de ver e ler.

    Congrats!
    Bjs

    Pri

    http://www.styledchicas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. viver com animais é bom demais né? sempre cheio de surpresas. e que bom que gostou. bom saber que o blog trás para as leitoras a mesma alegria que trás pra mim :)

      Excluir

© BMRTT
Maira Gall