24 julho 2016

Da mini-férias em Erechim

Como vocês bem sabem, eu passei alguns dias de junho lá em Erechim numa espécie de mini-férias por motivos de: sanidade. Tem hora que o corpinho não aguenta mais o faz-de-conta-que-ok e mete logo um: bazinha, please. Pois bem. Decidi sossegar, vegetar, olhar pro teto por horas sem ouvir ninguém me chamar, dormi outras incontáveis horas e até consegui tirar o atraso de algumas séries. Só que não para por ai. 

Quem tá acostumado a inventar moda acaba fazendo a mesma coisa quando deveria fazer o oposto. Ou né, as vezes é o tempo que tu tem pra resolver outras pendências e aquela mini-férias fica parecendo mais uma licença médica. O que também não é necessariamente ruim, anyway. Seguimos.


Nessa de aproveitar pra resolver pendências eu inventei de ir em um médico homeopata e no dentista. Resultado da brincadeirinha foi lindo. Medicação homeopata pra cinco meses sem poder ingerir nada que tenha cafeína, menta, hortelã, achocolatado e outras coisinhas. É mole? O café tradicional pelo descafeinado eu troquei numa boa mas ver bolo de chocolate da sogrinha e não poder comer é que é foda.

Já no dentista a tortura foi curta mas foi intensa. Menos quatro sisos pra me acompanhar, muito remédio pra dor e a aflição de passar os primeiros dias sem conseguir mastigar absolutamente nada. Pois é. No primeiro dia mesmo, com a cara quase toda anestesiada, era uma desgraça inventar de tomar água. Eu me molhava to-da. Glamour, não temos.


Ao desfazer a mala por lá eu reparei que a minha paleta de cores se mantem firme e forte. Assim como também notei que algumas coisas não mudam, como o fato de que, independente do que você leve, você nunca usará todas as peças que levar. Verdade absoluta ou isso só acontece comigo? Fica aí a questão.

Quanto ao inverno de lá, abençoado o lençol térmico que me fez passar pelo frio do Rio Grande do Sul sem querer estar-morta e bendito seja cada dia ensolarado que tornou as saídas da cama menos difíceis. Apesar de que né, com lençol térmico fica complicado sair da cama. Complicadíssimo. Não se pode ter tudo né querida?


Dormi muito e passei dias de pijama. Dias descabelada, dias feito um zumbi. Assim como também comi horrores. Sério, eu comi demais. É quase como se meu inconsciente já soubesse dos dias que eu passaria a base de nesquik e vitamina. Acontece.

Por fim, posso dizer que eu descansei bastante sim. Que valeu a pena tirar essa mini-férias pra cuidar do corpinho e recarregar as energias. Rolou matar a saudade da comidinha da mãe, da sensação de leveza, da preguiça sem culpa. Rolou me fortalecer e me preparar para encarar novos ciclos, novas jornadas. Assim que é bom né?


E por aí, tá louca a vida?

35 comentários

  1. Vou confessar que eu estava esperando por este post hahahaha e sobre as malas: é verdade absoluta, algo incontestável! É sempre bom esfriar a cabeça, amei <3

    ResponderExcluir
  2. que post gostoso de ler e ver!! fico feliz que você tenha se dado essa mini-férias. muitas vezes a gente só percebe que tá precisando parar depois que a situação já tá bem ruim, né? e nada como a comidinha da mãe pra deixar tudo melhor! haha :**

    ResponderExcluir
  3. Eita que eu tava morrendo de saudade dos seus posts, fotos e da leveza de ambos! A minha paleta de cores de roupas é basicamente a sua - e também se mantém firme e forte. Aquele lance do menos é mais, né?

    Ai, fica tanto tempo sem postar, não. Tava com saudades <3

    ResponderExcluir
  4. aaaaah haha querida ♥ e nossa, não é? acho que a gente não usa nem 2/3 do que leva haha

    ResponderExcluir
  5. nossa, verdade. a gente normalmente só se dá conta quando o corpo já tá pedindo desesperado né? mas bom, uma coisa de cada vez também :)

    ResponderExcluir
  6. yaaay \o/ que bom que bom! e simmmm, é bem esse lance de menos é mais. depois que eu fiz a limpa no meu armário eu fiquei chocada e nossa, esse negócio pega forte! até quando alguém fala ~ei quer essa blusa~ eu fico toda EITA SERA Q VOU USAR HMMM ACHO Q NÃO THNKS HAHAHAHA

    e juro que vou tentar ser mais presente ♥ é que a vida tá bem louca mesmo HAHAHA

    ResponderExcluir
  7. Aquele velho ditado: há males que vem para o bem. De vez em quando é bom dar uma atenção especial para a saúde, deixar o corpinho (e a mente) tinindo. Delícia de descanso! <3

    http://naomemandeflores.com

    ResponderExcluir
  8. verdade viu :) e nada como começar novos ciclos com o corpinho funcionando bonito ♥

    ResponderExcluir
  9. Como é bom tirar esse tempinho para gente, né? Eu fiz quase a mesma coisa. Passei duas semanas na casa dos meus pais, dormi de mais, comi de mais, reservei um tempo para fazer nada e para finalizar também tive que aproveitar para cuidar da saúde. Só que no meu caso foi bem menos dolorido, só ginecologista e oftalmologista. Apesar de não ter ficado muito feliz ao voltar para vida real, foi muito bom esse tempinho. E a melhor parte é matar a saudade.

    ResponderExcluir
  10. disse tudo. no fim a gente volta recarregada e com o coração mais quentinho né? :)

    ResponderExcluir
  11. Eita Ba! te entendo completamente, tem vezes que eu quero fugir do mundo me enfiar em um lugar que não tenha nem internet e ficar lá meditando, ouvindo o som da natureza, e comendo horrores como você. Mas sacanagem mesmo, não poder comer o bolo de chocolate da sogrinha, ainda bem que não sofro desse problema, porque minha sogra mora longe, então não passo por isso, mas ficar sem café é de partir o coração. Cuidar do corpo, e da mente é bom né ? :) essa sensação boa de que está tudo bem as vezes a gente se entregar ao inestimável e ficar alguns dias só vegetando. Minha mãe está passando por exemplo, por uma experiência única na vida. Ela está fazendo um retiro de um mês de silêncio, lembro que quando ela faou pra família todo mundo falou que era doida, mas pra ela tem sido uma experiência boa. Sabe, cuidar do corpo, da mente, da alma. E bem nessa hora mesmo de help, canseidefingirqueestátudobem. Obrigada, e saudades dos seus post.

    ResponderExcluir
  12. graças que café tem a opção descafeinado, ai é mais tranquilo sabe? se tiver que cortar geral ia ser foda HAHAHAHA mas é issae, as vezes o corpo pede férias e a gente precisa (se possível) ceder. e vamo que vamo! :)

    ResponderExcluir
  13. Saudades relaxar :(
    Minha vida tá punk nos últimos meses, mas fazer o quê né? tô viva pra isso mesmo! Já falei que morro de inveja desse friozinho aí? Pois pronto, morro mesmo. <3

    ResponderExcluir
  14. Mulher, cuidar do corpo e da cabeça num lugar bonito assim é ótimo :)

    Respondendo a sua pergunta: a vida acaba de ficar louca essa semana, ahaha. mas vai passar logo e é pro bem :)

    ResponderExcluir
  15. Oii! :)
    Ah, como eu queria um tempinho desses só para mim. Ter alguns dias para descansar, sem precisar de despertador ou enfrentar a multidão no caminho para o trabalho.
    Agora você falando desse modo sobre os dentes do siso me assusta, estou adiando isso faz tempo com medo da dor haha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Uma delícia parar um pouco depois de tanta movimentação na vida, descansar e pensar no que está por vir, né?
    E ainda rendeu um monte de foto linda :)

    ResponderExcluir
  17. Que lindas fotosss!! Não conheço esse lugar, Erechim... Achei o nome engraçado :)
    Mas parece um lugar maravilhoso pra você não fazer nada, só parar e relaxar. Refletir um pouco pra poder voltar pra agitação da vida um pouco mais tranquila.


    Adorei as fotos, mesmo mesmo <3

    ResponderExcluir
  18. aqui a vida tá louca também, miga. mas a gente vai levando e dando um jeitinho, né? queria passar uns dias longe de tudo e em um lugar cheio de mar e paz também, vamos ver se rola. que barra isso de ficar sem coisinhas de chocolate :/ poxa! mas espero que fique tudo bem e que tenha conseguido recarregar as energias em 100% <3

    ResponderExcluir
  19. Que delicia, Ba!
    Mesmo com uns acontecimentozinhos ruins, aposto que descansar assim e tirar essa mini férias recarregou suas energias. Sei pois passei o mesmo há uns dias e foi muito bom, por mais que eu tenha feito bem menos do que gostaria.. As vezes só a dádiva de ficar de meias e edredom deitada no sofá sem obrigações da vida adulta, nos faz feliz!

    Sobre o dento do siso, já passei por isso. Fiquei quase duas semanas morrendo de dor e parecendo o fofão de tão inchada que minha bochecha ficou. Mas sei lá, faz parte da caminhada né?

    Estava com saudades de passar por aqui, você tem uma energia muito boa nas palavras e fotos! Gosto muito disso

    Um beijo

    ResponderExcluir
  20. eu jurei que ia parecer o fofão também mas acabou que nem inchou o meu rosto. pra não dizer que não apareceu nada, fiquei com um roxinho no queixo de tanto a dentista apertar meu rosto em uma das extrações que foi mais fodinha. mas dos males o menor, porque dor eu só senti basicamente nos dois primeiros dias :)

    ResponderExcluir
  21. e um chocolatinho vai sempre tão bem né? HAHAHA ♥

    ResponderExcluir
  22. ai erechim é bem tranquilo, pelo menos comparado a cidade que eu moro né HAHAHAHA :) bem gostosin de relaxar mesmo :)

    ResponderExcluir
  23. pra ser bem sincera, eu morri de medo de fazer as extrações e depois de feito me senti idiota HAHAHAHA porque foi rápido e super tranquilo. não senti dor nenhuma no procedimento e mesmo depois a dorzinha só durou uns dois dias e sempre resolvia com remédio. então não adia não, resolve isso logo que é melhor e pode ficar tranquila que é de boas :)

    ResponderExcluir
  24. mas te falar, tava era frio demais HAHAHAHA sen or. até do verão (que eu não sou muito fã) eu já tava com saudades HAHAHA

    ResponderExcluir
  25. miga tá LOUCA a vida. ai que bom que cê descansou <3

    ResponderExcluir
  26. A rotina as vezes é sofrida hein? Depois do meu primeiro período morando sozinha e fazendo faculdade eu entendi o real sinônimo de exaustão, essa correria mexe com nossa sanidade. Agora de férias, a única coisa pela qual quero me responsabilizar é por dormir mais de 8 horas por dia! Sério!
    Um tempo as vezes(sempre) faz bem :')

    Eu sempre visitei seu blog, mas nunca comentei porque não gosto mto do Disqus hauheuha, mas como estou tentando deixar de ser uma procrastinadora, resolvi deixar o meu 'Olá' hoje ♡
    Beijos!
    www.tobemzen.com

    ResponderExcluir
  27. quando a gente para a gente só quer dormir né? meudeus como é bom poder dormir HAHAHAHAHA e que bom que cê deixou esse feeling com o disqus de lado um pouquinho e deu o seu olá aqui ♥ agradecida! :)

    ResponderExcluir
  28. Nossa, super me identifiquei com seu post. Eu moro longe de casa há 8 anos e volta e meia tenho essa necessidade de desacelerar. Claro que eu só consigo isso na casa dos meus pais (que saudades do RS!) e não há dúvidas de que também levo mais roupas do que uso lá (sempre a mesma história, nunca vou aprender, haha).
    Dias assim são necessários. E, sobre os seus ~probleminhas, bom, pense que pelo menos você agora já se livrou dos sisos e, apesar de ser duro ter que recusar um bolo de chocolate, provavelmente é bom um bom motivo, né? Eu tive que cortar muita coisa da minha alimentação também e só agora, depois de quase um ano, estou conseguindo realmente me acostumar. A gente logo encontra muitas substituições e o bem estar não tem preço. :)
    Que suas próximas jornadas sejam lindas! :)
    Beijos,
    Bru
    http://www.moderando.com

    ResponderExcluir
  29. algumas mudanças são necessárias né? e no fim a gente se adapta mesmo e lá na frente (as vezes nem tão lá na frente) a gente já vê os benefícios desses sacrifícios HAHA :)

    ResponderExcluir
  30. Bazinha! Qt tempo não passava aqui. Olha, esses mini férias sempre recarregam nossa energia. E que lindo ver que tu estava na minha terrinha (RS). E sim faz tão frio, que eu apesar de SC ser bem frio tbm, considero super ficha. Tirar os sisos foi algo que sempre me deixou estressada. Ficava com raiva de ter que comer sopa fria, e uma hora o sorvete enjoa. Por incrível que pareça. A parte boa é que agora, assim como eu, já se livrou dos 4. Juízo nunca mais hahahaha. Beijoca.


    www.eususpiro.com.br

    ResponderExcluir
  31. gloriadeux a gente não precisa mais se preocupar com isso né HAHAHAHAH ♥

    ResponderExcluir
  32. Puxa... então o negócio tava sério mesmo!

    ResponderExcluir

© BMRTT
Maira Gall