16 abril 2015

BREAKING ZICA NEWS

Segunda-feira tinha tudo pra ser um dia tranquilo até que, ao chegar em casa, vejo que meu quarto tinha sido invadido. Chega a ser engraçado o tempo que a gente demora pra ser da conta do que aconteceu. Olhando a janela estourada, as suas coisas jogadas por todos os lados, a sua cama pisoteada. Até que então você vê que o fruto do seu suor não está mais ali e a única coisa que você consegue sentir, num mix de desespero, é a sensação de violação. Seu espaço foi violado, sua intimidade. 

Graças, cheguei minutos depois do invasor sair com as minhas coisas. O dano foi material e mesmo que ainda reflita em outras coisas, psicologicamente falando, não se compara nem de longe, do que um confronto poderia gerar. Fica melhor nem pensar a respeito e simplesmente agradecer, no melhor estilo Pollyana sim, que estou bem.

Dadas as circunstâncias, meus projetos e trabalhos fotográficos estarão em stand by já que levaram todo o meu equipamento. O próprio blog também ficará um pouco de lado _não, isso não é uma despedida_ porque também levaram meu notebook, HD's e afins. Só consegui vir dar sinal de vida mesmo porque peguei o notebook emprestado da crespa por um momento. Espero que continuem me amando. Risos.

bejobejoxau

36 comentários

  1. Ainda bem que você não estava no momento da invasão.
    Sinto muito por tudo que levaram, mas acho que o sentimento de violação é ainda pior do que qualquer perda. Sensação de estar com as mãos atadas.
    Fica tranquila que quem é leitor fiel, saberá que sua ausência tem um motivo real.
    Mil beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bem essa a sensação mesmo :\ e que bom que meus querido leitores não me abandonarão ♥ hehe

      Excluir
  2. Que horror! Ninguém mais tem paz nem direito de ter as coisas...

    ResponderExcluir
  3. Poxa, Bá :( Que absurdo! Sinto muito pelas suas perdas.
    É claro há MUITO o que agradecer por você não ter encontrado com esses malditos que fizeram isso, mas sempre dá um aperto no peito pelas coisas que a gente conquistou e foram levadas. Enfim, espero que fique tudo bem por aí ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bens materiais a gente recupera com o tempo né ♥ paz de espírito é que pesa e no momento tou bem por não ter chego na hora do roubo ♥

      Excluir
  4. Vi você falando isso no fb e nem consigo pensar no que faria. Só espero que tudo se ajeite por aí. <3

    ResponderExcluir
  5. Graças mesmo que o dano foi apenas material, isso a gente sempre repõe em algum momento, né? Espero que seja em breve, inclusive. ♥

    ResponderExcluir
  6. Como minha mãe sempre diz, "Vão-se os anéis e ficam os dedos"!
    Tudo vai se ajeitar ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kat, minha mãe disse a mesma coisa HAHA ♥

      Excluir
  7. Nossa Ba, fiquei arrasada aqui... Imagino a situação de fragilidade que você passou, ainda mais se tratando de um lugar que costuma ser o nosso refúgio, o nosso porto seguro. Triste demais. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. exatamente j_j o que me conforta é que eu não estava no momento sabe :)

      Excluir
  8. ô Ba, isso é uma merda, entendo perfeitamente o sentimento :( mas você já tá com a cabeça no lugar, pensando certo. o que importa é você. vai conseguir conquistar tudo de novo :)

    fica bem e bola pra frente <3

    ResponderExcluir
  9. Que horrô ): Ainda bem que não teve confronto nem nada, que o resto se ajeita. Mas a sensação é horrível, né? Lembro que uns dois verões atrás invadiram a nossa casa enquanto estávamos na praia e roubaram um perfume barato e o aspirador de pó (a gente não tem bens caros, alô pobreza HAHAH) - coisas tosquinhas, mas fiquei uns bons dias com medo de andar no escuro porque parecia que sempre surgiria alguém intruso no meio do nada. O que importa mesmo é não nos tirarem as pessoas lindas da nossa vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. simmm, dá medo né. mas que bom que só os bens materiais se vão

      Excluir
  10. Que bad isso de ser roubado, dá uma tristeza... Em minutos suas coisas somem. Sorte a sua ter chegado depois, nunca se sabe. Equipamento e notebook você compra outros. O importante é que nada aconteceu contigo. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sabe, quando me pego na bad pelo o que aconteceu eu penso exatamente isso: pelo menos nada aconteceu comigo. o que é material eu posso conquistar novamente com o tempo né :)

      Excluir
  11. OMG, Ba... como assim!? :O
    Eu nem consigo imaginar isso acontecendo comigo, meu Deus! Não iremos te abandonar por isso, mas tenta não desistir não... ainda tem as fotos do celular, né? Puxa... muito triste, mesmo! D:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. exatamentchy assim j_j mas né, aconteceu nada comigo então tá ótimo ♥ e sim, me resta o celular. o que tinha de foto eu perdi porque passava tudo pro note mas me sobra o faces, instagram e bloguitos pra matar a sdds né

      Excluir
  12. O melhor é que não aconteceu nada com você, né? Que tenso! Mas maior merda perder todas as suas coisas.
    E obvio que a gente nao vai ter abandonar, ne? Hahaha
    Beijo !

    ResponderExcluir
  13. Ai menina, nem sei o que dizer. Já passei por isso também... Roubaram o apto que alugamos durante um intercâmbio e levaram tudo nosso. Fiquei em estado de choque mesmo. É uma sensação de impotência enorme e não tem nada que a gente possa fazer, né?
    Ao mesmo tempo fiquei SUPER aliviada de não ter chegado no momento em que eles estavam lá. Realmente é o tipo de situação que a gente não consegue prever o que poderia acontecer... :/
    Enfim, é ruim, mas aos poucos vamos nos recuperando e recuperando as coisas...
    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bem isso mesmo, maior sensação de impotência. aff, mas é bem isso, aos poucos a gente vai se recuperando e abrindo espaço pra recuperar as coisas também :)

      Excluir
  14. Nossa miga, fica bem :(
    Ainda bem que você está conseguindo ser Pollyana nessa situação - é o melhor a se fazer, mesmo.

    ResponderExcluir
  15. Ba, que mundo mais estúpido esse, né? Essa sensação de impotência toma conta da gente e começa a sair de cena pra dar espaço pra sensação desesperadora. O lado bom é que passa, que a gente supera e que reconstrói e recupera as coisas materiais. E como disse a amiga ai em cima, siga sendo Pollyana. Fica bem, firme na paçoca, força na peruca, um abraço apertado e um beijo estalado! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o mundo tem dessas né. é a vida. mas é bem por aí. força na peruca. e obrigada pelo carinho <3

      Excluir
  16. Por essas e outras que a janela do meu quarto é bem alta e com grades. Um tanto sufocador, mas infelizmente é essa a nossa realidade D:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aqui em casa agora também tá assim e dá a maior sensação de se estar presa :( mas ainda dá segurança então né :\

      Excluir

© BMRTT
Maira Gall