menu
11.1.20

Samy e Piny no jogo pois #SAUDADES

Depois daquela correria pra aproveitar a mini-férias revendo família, amigos, resolvendo coisas, passeando, etc etc etc, enfim a calmaria. A sensação é que a gente extrapola nessa de querer aproveitar e volta ainda mais cansada. 

Por conta disso o ano começou pedindo ainda mais descanso e detox de socialização. Eu realmente não tenho o hábito de manter os níveis de socialização alto e, por mais gostoso que seja estar com amigos, família e afins, eu fico exausta. 

O lado bom é que a necessidade de reequilibrar as coisas me permite passar o final de semana passando horas jogando The Sims, baixando conteúdo personalizado (e resolvendo bugs por excesso de CPs – risos nervosos), assistindo séries, algumas muito boas, outras ruins porém boas, etc etc etc.

Também tinha colocado como meta terminar de ler antes da virada Os Melhores Contos de H. P. Lovecraf. Comecei a leitura em 2017 e me negava a levar mais de dois anos nisso. Graças, consegui cumprir essa meta exatamente na véspera da virada. Eu gostei muito da leitura mas, por ser um compilado dos melhores contos, o livro era muita grande e dificultava demais as idas e voltas do trabalho, que é quando realmente consigo parar pra ler alguma coisa. Pra quem também tem o hábito de ler quando não está em casa, talvez seja melhor comprar os livros avulsos ou combos menores.

Quanto as séries, devo até ter assistido mais, mesmo diminuindo bastante a frequência com que costumava assistir, mas só consigo recordar agora das últimas. Assisti The Witcher e amei. Aliás saudades e tristíssima de que talvez só volte em 2021. Assisti V Wars que é ruim mas boa o suficiente pra assistir quando quero ficar a toa sem precisar me concentrar demais. Comecei a assistir Lore e os primeiros episódios que assisti são bem interessantes. No momento com saudades de Sabrina, The Walking Dead, Lucifer Atypical.

Aproveitei o embalo da leitura e graças comecei o ano com algumas. Inclusive empolgada pra ler outros livrinhos da minha estante enquanto não me sinto sugada pelo semestre da faculdade que ainda tenho pela frente. Li Contos de Horror, que é bem curtinho e leve, apesar do tema. O que foi bom pra quebrar os contos longos e densos do Lovecraft. Também li O Enigma de Andrômeda e gostei bastante.

Quanto a próxima leitura, ainda não decidi. Vou deixar pra decidir segunda, quando estiver me preparando pra ir trabalhar. Enquanto isso vou ali pegar mais uma caneca de sorvete e curtir os novos CPs baixados jogando The Sims.



24.12.19

Ou: De um ano muito doido que foi 2019 e que muita coisa não postei porque estava desmaiada no sofá.


Apesar de extremamente corrido (eu nem vi passar) e cansativo, 2019 foi um ano muito foda. E eu vou mostrar um pouco do porquê com registros que acabaram ficando guardados ao longo desses meses mas que merecem espaço nesse blog sim.


No meio da correria que novas oportunidades de trabalho proporcionaram, eu conheci pessoas muito queridas e conheci ainda mais outras com quem já trabalhava e também já tinha trabalhado. Essas novas relações me proporcionaram novos tantos momentos maravilhosos. 


Churrascos em dias quentes, almoços curtindo o solzinho do inverno, aniversários com tequila. Amizades sabe? Que me fizeram e me fazem aprender tanto. 


Fui a primeira festa a fantasia, improvisando como dava, com a família que já chamo de minha tem mais de cinco anos. E tomei muito quentão, claro.


Choramos vendo um pedacinho da família casar e caramba, foi lindo. 


Nos sentimos maravilhosos, eu me senti maravilhosa.


Já falei que estávamos maravilhosos?


E teve mais confraternizações, com a equipe que tanto tem me proporcionado e surpreendido. 


É muito louco olhar pra trás e, ao mesmo tempo que me vi tão esgotada, me ver tão feliz com tudo que aconteceu e está acontecendo. Ver sinceridade e satisfação em cada sorriso. Poder fechar o ano com o coração leve e quentinho. 


É isso. Esse ano foi doido e pra mim fez todo sentido não seguir uma ordem cronológica pra contar um pouco disso tudo. Cada registro, cada momento, me proporcionou sensações incríveis e que vou guardar na memória com muito carinho. 

Espero e sinto que os próximos meses, que esse próximo ano, será maravilhoso. É, me aguardem!

8.12.19


Preguiça de domingo pela manhã. Quarto tá bagunçado mas a casa tá limpinha graças ao faxinão de sábado. Alguns minutos sem pressa num mês que é basicamente correria all fucking time.

Dezembro chega e é aquela correria de coisas do trabalho pra resolver, as vezes da faculdade quando ela teima em se estender mais um pouco, os planos pra aproveitar a família nos finais de semana, de ir pra praia, as festas de fim de ano, de como aproveitar da melhor forma quando se tem uns dias de recesso, etc etc etc. Respira! Aquele mixed feeling de quero aproveitar tudo versus meudeus só mais 5 minutinhos por favor.

Esse ano passou voando e ainda quero fazer uma retrospectiva disso tudo, afinal foi um ano muito bom. Mas sabe como é né, nesse ritmo todo provavelmente vai rolar com um atraso de sei lá, mais uns dois ou três meses? Provavelmente. Se já tem coisa desse ano que ainda não postei por pura preguiça, quem dirá retrospectiva. 

Esse bloguinho que me desculpe mas chega final de semana e ainda tô tentando recuperar os neurônios que derreti durante a semana-ano. Vamo que vamo. 

Para as almas que ainda acompanham esse espaço, não se preocupem, ainda pretendo dar sinal de vida pelo menos uma vez ao mês. A bazinha de uns 10 anos atrás ficaria envergonhada pela frequência de posts? Ficaria, mas é o que temos ultimamente e tudo bem :)