10 dezembro 2017

Fim de semestre

E últimas fotos com o App Huji, so sad.


Graças aos deuses (mentira, graças a euzinha aqui que ralei muito nessa bagaça) sobrevivi a mais um semestre nesse curso doido de Administração. Pude arrancar todos esses post its da parede com gosto porque enfim férias. Amém.


Quando não era Direito Empresarial, era Mundo Perdido.


Quando o dia era puxado, além do normal, a recompensa. Porque né, tem dia que a gente não tem força nem pra cozinhar um ovo.


Também tem aqueles restaurantes que você não sabe se ama ou odeia mas que são bonitinhos demais pra passarem despercebidos. 


Ah, também tem os cachorros. Tem os que ignoram a movimentação no ponto de ônibus pra tirar aquele cochilo e tem aqueles que aproveitam a movimentação no ponto de ônibus pra pedir carinho.


E é isso. Últimos registros com o App Huji por motivos de: olá Android, adeus IOS. Precisei trocar de celular e não tem Huji pra galerinha do Android. Sad but true.

Seguimos.

03 dezembro 2017

Crazy life que segue

Huji segue salvando esse blog porque só assim pra eu sair tirando foto sem me estressar com os detalhes.


Bebê segue cheio de energia. A cara de sono é por conta do sol mesmo. O pequeno não para!


No trabalho as vezes tu descobre que tem coisa nova pra cadastrar quando teus colegas já checaram a qualidade do produto, se é que me entendem.


Babi finge que nem sabe que entrou em um espaço que não é dela e Toby não tá nem ai pra esse tipo de coisa. Se a porta tá aberta eu posso entrar.


Eu já falei da energia que esse doguinho tem? Pois é.


Aqui fingindo espontaneidade e chocada com o comprimento do meu cabelo. Acho que já faz um ano desde o último corte.


Preciso falar do amor pela blusinha nova? 


A vida é muito curta pra ignorar as batatas fritas no buffet.


Dormindo em pé.

Aguardem próximos capítulos.

25 novembro 2017

Huij e coisas aleatórias

Porque esse blog basicamente virou um emaranhado de coisas aleatórias e é bem isso que rola registar feat compartilhar no meio dessa correria toda. Não que eu esteja reclamando. Sigamos.


Meu celular já tá pela hora da morte mas pelo menos me deixou testar o App Huji sem travar. Uma coisa que eu gostei nessa brincadeira é que não fico pilhada com ângulo, com luz, com nada. Vou lá, tiro a foto e depois quando lembro é que vou ver se ficou bacana. 


Aqui jaz um coturno lindo da Cravo & Canela com menos de um ano de uso. Eu tô bem triste. 


Desisti de manter meu instagram organizado. Acho lindo quem consegue manter assim but, na minha fucking realidade, não sobra muito tempo pra registrar coisas bacanas e nem pra administrar esse tipo de coisa. Já tá bem puxado administrar o que não é lazer.


Quarto provisório do namorado enquanto nosso cafofo não fica pronto. Sim, isso explica a bagunça.


Terminei de assistir Grimm e a primeira coisa que me vem em mente é que: desidratei, desidratei muito. Final da última temporada foi tanto plot twist que acho que nem preparada pra debater sobre o assunto eu tô. Mas ó, caso de amor por essa série.


Comentei dia desses sobre ter começado a ler Os Melhores Contos de H. P. Lovecraft. O livro é consideravelmente grande (e pesado, caramba!). Parei no meio do conto O Caso de Charles Dexter Ward, que não terminei porque nessa finaleira de ano tá bem complicado ficar carregando um livro desses junto da montoeira de tralhas que já tenho que carregar. 

Até agora o meu conto preferido foi O Modelo de Pickman, achei bem foda. O que me deixa ansiosa pra terminar os outros contos mas, como não consigo criar o hábito de ler em casa, terei que deixar pra um outro momento.


Desisto de tentar manter essa arara arrumada.


Como moro numa kitnet que faz jus a sua fama – isso mesmo, minúscula – não tem um cômodo específico pra estudos. Então, quando namorado vem me visitar e eu preciso estudar, procuro formas de fazer isso sem que o video game ou séries dele me atrapalhem. 

Da última vez procurei um playlist no Spotify que conseguisse me manter concentrada sem prestar atenção nos sons "externos". Testei a Deep Focus e deu super certo.


Por fim, me cadastrei nesse tal de curiouscat pra ver no que dava. Sigo com um total de 01 perguntas. Insira aqui risos nervosíssimos. A quem interessar possa, o perfil é o de sempre, bamoretti.

Beijos de luz. 
© BMRTT
Maira Gall