menu
15.4.18


Já são duas semanas na casinha nova e a sensação tem sido gostosa demais. Aos poucos sinto meu corpo e mente aliviarem das tensões da vida e até mesmo as minhas leituras e séries tô conseguindo retomar. As crises de rinite então, nem se fala, reduziram consideravelmente. Pra quem, além da alergia, tem a rinite ativada pelo emocional, a coisa fica bem complicada as vezes. 


Compramos os móveis do cantinho da sala esse finds mas eles só serão entregues durante a semana. Pra não me deixar ser consumida pela ansiedade, fico pensando aqui com meus botões de que forma eu poderia falar dessa casinha com mais detalhes. Sabe, cada cantinho da casa que a gente for arrumando, mas sem ficar chato, massante. Sigo no aguardo das ideias brotarem.


Bom, enquanto as ideias não surgem e os móveis não chegam, deixar com vocês uma playlist que comecei a montar há anos luz e só agora me dei conta que já estava praticamente pronta. Considerando que tô ouvindo ela há mais de um mês, todo santo dia. É, acho que já dá pra compartilhar aqui. 


Espero que tenham gostado. As outras duas playlist que criei cês conseguem acessar aqui.

8.4.18


Hellou mores, turu bom? Por aqui a casinha nova ainda segue com excesso de bagunça e falta de móveis mas já rola curtir final de semana preguiçoso sim. Aliás, agradecimentos especiais ao tempo que se manteve firme e rolou lavar umas roupinhas, deixar o sol entrar.

As leituras acabaram ficando um pouco de lado nesse último mês. As séries mais ainda. As vezes paro pra pensar no que o namorado diz sobre a minha rotina ser louca. Não é a toa que chego exausta em casa. A parte frustrante dessa rotina é que não sobra muita energia pra investir nesses pequenos hobbies. A gente precisa trabalhar, a gente precisa estudar, cuidar da saúde/corpo. Quando a gente pisca, o dia já acabou. Mas eu acredito que faz parte, sabe? São sacrifícios que, pelo menos no meu caso, eu vejo que dão retorno. 

Buuut, como esse finds foi mais tranquilo, deu pra curtir um cafézinho sem pressa, ler alguns blogs que tanto gosto de acompanhar, fotografar (algo que eu tenho sentido muuuuita falta), editar os videozinhos que tenho feito nos últimos meses pra poder compartilhar com vocês. São coisinhas simples mas que fazem diferença no meio dessa correria toda. Permitem que a gente recarregue as energias, relaxe, curta o momento.

Agora, como eu acredito que coisa boa a gente compartilha mesmo, deixo aqui um pouquinho dos último três meses. A trilha sonora segue repetindo infinitas vezes mas eu amei tanto nesse vídeo que vou me dar o luxo de ser repetitiva sim.

2.4.18


E aí que no feriadão de sexta, 30 de março, enfim eu me mudei. Gloriaosdeuses, ao namorado e ao sogrinho que conseguiram levantar essa casa a tempo deu estar dormindo nela antes de fechar o mês de março porque por alguma razão, que eu já nem sei qual é, eu precisava muito disso. Gratidão (e perdoa a ansiedade da bazinha aqui).

Tô na casa nova, caramba! Não sei nem como expressar a alegria que eu tô sentindo. As bochechas mesmo já tão queimando do sorriso bobo que não sai do rosto. Tô pior que adolescente apaixonado viu. 

Ainda tem muita coisa pra comprar e arrumar, mas agora que já estamos aqui dentro a vibe já é outra. Aos poucos tudo vai se ajeitando e o cafofo vai ficando mais com a nossa cara. E se a correria da vida e todo o cansaço que tenho sentido ultimamente permitirem, vai rolar muita coisa do cafofo físico nesse cafofo virtual aqui. 

Então pfvorzinho, não desistam de mim e mandem dicas de sites bacanas de decoração que a gente fica bem feliz sim sinhô.