11 fevereiro 2016

Favs No. 01

Mores, é o seguinte: tô com um bocado de links mofando na minha pastinha de favoritos e tô achando uma palhaçada não ter essas maravilhas espalhadas pelas internets da vida. Simbora espalhar mais que tá pouco. Tem tanta coisa legal que chega a ser um absurdo estar tudo ali, escondidinho (por puro esquecimento & preguiça) (shame on me).

A ideia é de vez em quando (e não de vez em nunca) vir aqui compartilhar algumas coisinhas bacanas que vi com o passar do tempo. Porque olha, tá caindo pelas beiradas (e a maioria dos links da pastinha já criou até paranho). E sim, essa sou euzinha criando mais sequência de posts porque limites, não tenho. Tabeim? Então tabeim. 

So let's go.


 Esse clipe (é, esse aí de cima), feito pelo José Felipe Gasparian. Vi no blog Cambaleando e fiquei sem palavras. Vanessa e Felipe, cês tão de parabéns. Trabalho incrível. 

• Esse perfil do instagram, da Michelle Halford. Acho o @thedesignchaser um poço de inspiração e super tem me ajudado nesse processo de redecoração do meu quarto & home office.

• Esse vídeo, do Gabriel Venzi. Que na verdade é um short film do ensaio Dancing Soul. Achei lindo demais.

• Esse texto, da Carol Patrocinio. Sério, pare tudo o que você está fazendo agora e leia. São 16 maneiras de NÃO SER BABACA em 2016. Por um ano melhor né mores.

• Esse post, do Teoria Criativa. Com 10 fontes grátis sem serifa pra amar. A-DO-RO.

04 fevereiro 2016

Saldo do mês | 0116

It's a good year to have a good year.

Foi com esse feeling que eu comecei o ano e, coincidência ou não, é assim que eu me sinto quando penso nesse mês que passou. Janeiro pareceu passar em um piscar de olhos mas o que tenho de registros desse mês não me deixam negar de que foi gostoso pra caramba.


O ano começou comigo na Gamboa (a catarina) em ótima companhia, clima chuvoso, chamego e comida boa. Rolou show da Rock'n Camerata aqui no CIC e foi bacana demais ver meu cunhado tocar (ele é o baterista da Brasil Papaya & um dos bateristas desse show). Aliás, o show é maravilhoso. Também recebi esse presente gracinha, da Adriana do Redatora de Merda em parceria com a Darkside, de um sorteio que participei. Tem foto do verso desses marcadores lá no meu instagram (só clicar aqui). O do Star Wars o namorado confiscou (falei que era o mais bonito e ele alegou que nada mais justo, que combinaria com ele) (leonino né) então achei mais do que válido presenteá-lo também com o livro que é pra combinar e porque sou dessas.


Entre as correrias da mudança da crespa (que voltou a ser minha vizinha e agora mora com o namorado nos fundos aqui de casa, no meu antigo cafofo) e da reforma do meu quarto, nada mais justo do que ser um pouco mimada pela irmã e ganhar lanchinho. E falando em ser mimada, segura essa maravilhosidade de presente que ganhei do namorado e ainda não tô sabendo lidar. Só os deuses sabem o quanto eu sonhava em ter uma bota dessas. Acho até que estavam maravilhosamente bem humorados que até o sol eles deixaram dar as caras por aqui depois de tantos meses chovendo.


Ainda na vibe de ano novo, vida nova, resolvi dar uma atenção especial pra saúde da minha pele e aproveitei pra testar alguns produtinhos (falei deles aqui). Aproveitei também o bom humor dos deuses que se manteve firme e enfim consegui curtir uns banhos de piscina. Já no meu snapchat (bmrtt), muito sono pra uma cachorrinha só. Voltando com alguns velhos hábitos que ela já tá bem velhinha e fica toda feliz quando pode ficar no quarto comigo.

Por fim, vídeo com trechinhos do mês e outras coisinhas bacanas que aconteceram. Solta o play (ou clica aqui).


meu instagram @bamoretti

02 fevereiro 2016

Lush & The Body Shop

Em um outro post eu comentei que precisava urgentemente tomar vergonha na cara e começar a cuidar da minha pele. Pois bem, chegou o momento. Comecei procurando por produtos que pudessem resolver o meu problema (pele suuuper seca), fossem cheirosos e tranquilos de usar. E digo tranquilos porque eu odeio me sentir melada/grudenta/pegajosa (sensação que a maioria dos hidratantes que usei me dão) e odeio mais ainda creme com cheiro de bolacha velha (caso do último creme dermatológico absurdamente caro que precisei testar e que queria star mortíssima a cada aplicação).


Comecei com indicação da minha excelentíssima irmã, a crespa, que sempre me faz gastar mais do que eu deveria mas que nesse caso acertou em cheio. Comprei o óleo corporal da linha Sakura No Ki e ele é apenas o melhor óleo da minha vida. Sério. É um produto do The Body Shop, super cheiroso (fico me cheirando all fucking time), maravilhoso e meudeus, está com 40% de desconto. Corre lá vai. Aliás, pra quem quiser experimentar a linha, tem um mini kit com o óleo, shower e hidratante (todos com 60ml) por R$ 32,40. Eu só testei o óleo mas a crespa pegou os três, em tamanhos maiores, e disse que são todos maravilhosos. 

Já na Lush, como ainda estava rolando 50% off da linha de natal e eu estava louca pra conhecer a marca, resolvi pegar dois géis de banho. Tanto o Rose Jam quanto o It's Raining Men foram indicação das deusas do meu facebook (♥) e são maravilhosos. Pra quem não sabe, gel de banho é um sabonete líquido corporal que limpa e hidrata a pele. Como eu tenho a pele super seca foi uma maravilha conhecer esses produtos. Recomendo fortemente.

Pausa importantíssima. Acabei de ver que a Lush ainda tá com o descontão nos produtos de natal e na The Body Shop também tá rolando uns descontos muuuuito loucos. Corre!


O óleo corporal é de 260ml, os géis de banho são de 100ml cada um e esse é o tamanho deles comparados a minha mão. Ah, o Rose Jam ainda vem com dica:

"Modo de usar. Se você realmente não sabe como, sugerimos que você encontre alguém que realmente goste e convide para ir com você ao chuveiro para te ensinar."

Achei ótima a dica. Que cês acharam?


O Wild Rose foi brinde da The Body Shop, naquele esquema de compras acima do valor x ganham um produto y. É um sabonete líquido para as mãos que quando chegou eu achei que era um hidratante corporal e que só descobri realmente o que era enquanto fazia essa resenha. Shame on me. Em minha defesa, ele super tem cara de hidratante corporal e eu meio que não li o que estava escrito nele. Como creme ele realmente fica estranho, risos. Até vim preparada pra falar mal dele (shame on me parte dois) mas ó, super delicinha mesmo. Também recomendo.

Já o sabonete do pratinho foi amostra que a Lush mandou junto com meus géis. É o Coalface, um sabonete facial que, apesar de eu não gostar do cheiro, ele limpa a pele sem deixar ela toda ressecada. No fim fiquei super dividida, não gostei do cheiro (de produto de limpeza) mas amei o resultado dele na pele. Como lidar?

Por fim, separei pra vocês uma listinha de blogs que acompanho e que já deram suas opiniões sobre alguns dos produtos da Lush e/ou da The Body Shop. Eu até ia listar direto as resenhas mas, depois de ver que a lista ficou absurdamente imensa, achei melhor listar os blogs e a pesquisa mais aprofundada ficar por conta de vocês. Tabeim?


© BMRTT
Maira Gall