20.10.14

dialogo #8

crespa - nunca fui num pipi móvel, acho que não alcanço
eu - é de boas vai lá
(...)
crespa - sabe, se eu não tivesse crescido aqueles 6 cm acho que eu não ia conseguir
eu - comassim?
crespa - porque eu quase não alcancei
Sobre levar a sua irmã em um evento e ela precisar usar um pipi móvel pela primeira vez. 

16.10.14

notícia do dia

A notícia é de terça mas a alegria tá sendo da semana inteira. Sinhê. No intervalo da reforma, no sabadão, cobri o desfile que rolou da Malwee para Brasileirinhos, franquia dos meus antigos chefes. Aí que na terça aparecem umas letras bizarras no jornal Notícias do Dia. Sim, alí no cantinho da foto. 


Mas como foi fotografar um desfile infantil? Foi assim, OLHA VAMO SENTA JUNTO DA MOÇA DAS FOTOS VAMO EBAAAAA. Pra que espaço pra se mexer enquanto fotografa né? Pra quê? Preciso não.


Sai na segunda fotenha e tive meu nome no jornal graças a assessora de imprensa, Márcia Feijó, e meus queridos antigos chefes, André e Aline Novello. OBRIGADA! Primeira vez que peguei um trampo desse e adorei. Os resultados vocês podem ver no 21 MORETTI

14.10.14

meu cafofo

O que eu não trabalhei nos últimos meses eu tô trabalhando nos últimos dias. De sexta-feira pra cá comecei a preparar meu futuro cafofo. O que antes era só uma área de lazer e de guardar tralhas se tornará meu mais novo lar. 

Acontece que cansei de rasgar dinheiro pagando aluguel e resolvi voltar pra casa do pai. Só que dessa vez vou ficar no terreno do pai, não na casa. E como todo canto que acaba ficando de lado, ele tá precisando de muita limpeza e algumas reformas.  


Esse espaço da churrasqueira se tornará minha cozinha e área de serviço. Aliás, adoro um churasquinho. A portinha alí da direita que antes estava socada de tralha será meu quarto e home office. O banheirinho fica ao lado do quarto. 

É uma versão diferente das kitnets padrões que normalmente tem quarto/sala grande e cozinha/banheiro pequeno. O que não tem de espaço no quarto tem sobrando na cozinha. 


Muita água. Muita esponja. Muito sobe e desce de tralhas. Aos poucos tudo vai ficando limpo e organizado. Mas por enquanto ainda tem muita coisa pra arrumar.


O quartinho que antes estava comido pelo mofo já viu a cor da massa corrida e hoje mesmo já viu a cor da tinta. O paredão de madeira atrás da janela logo deixará de existir e dará espaço pra muito sol. 


Quanto a porta, enfim terei meu tão sonhado quadro negro. O problema da falta de espaço pretendo resolver com prateleiras e uma arara já que no quarto só cabe minha cama, que é de casal, e minha mesa de trabalho.


Observações que acho super válidas. Tinta óleo é uma desgraça de se tirar da mão e esfregar o Tinner nas mãos machucadas pra tirar a tinta arde pra caralha. Porém, sobrevivendo. 

Aguardem os próximos capítulos. 

13.10.14

ventosounds

Reclama da minha cara de cu mas vem me tirar pra modelo. Esse é o resultado dos cliques que a irmã fez no último evento do Sounds in da City que fomos


E se alguém teve dúvidas sobre o vento que rolou fica aí a prova que a zoeira foi nível hard. 



E teve muito vento mas teve muito chamego e amor também.


Agora acho que vou tirar um cochilzzz