16 abril 2017

Domingão no sítio

Todo mês de Abril, inconscientemente, namorado e eu inventamos de ir para o sítio. Toda vez, depois que chegamos lá, me dou conta de que é Abril, normalmente segundo final de semana do mês (nesse caso, terceiro), e o ritual se mantem. Toda vez, pra reforçar a ideia do ritual, a gente tira a mesma foto. Uma foto de cada um com o mesmo cenário. Esse já é o terceiro ano (e eu já postei o primeiro e segundo ano aqui no blog).


Nota aleatória do dia, parte um. Quero morar em um sítio um dia, com direito a vaquinhas e tudo mais. Morro de medo de vacas. Fiquei no meio de algumas hoje. Sobrevivi mas continuo com medo. 


Nota aleatória do dia, parte dois. Quando era criança tive três vacas (antes de ter medo delas). A primeira era a Mimosa, que deu a luz a Manhosa. Tempo depois tive a terceira, que dei o nome de Mimosa também. Ou seja, preciso de mais opções de nomes para vacas pra quando eu tiver o meu sítio. Aceito sugestões. 


E a gente segue, enfrentando uns medos (mesmo que usando o namorado como escuto), planejando umas coisinhas aqui e outras lá, curtindo cada dia e deixando sempre o coração bem quentinho porque a vida as vezes é gostosa demais de se viver.

02 abril 2017

Saldo do mês | 0317

A sensação que eu tenho é de que Março passou num piscar de olhos. Ao mesmo tempo que a quantidade de memórias desse mês me fazem pensar que não passou tão rápido assim. Deu pra sentir as maravilhas do inferno astral, o desespero de mais um mês desempregada, o alívio de conseguir um trabalho antes das faturas fecharem, o eterno cansaço do combo trabalho mais faculdade, a paz de chegar em casa e poder ver a geladeira cheia. É, não dá pra reclamar muito não.


Depois de eternidades, troquei a armação do meu óculos. Apesar de não ter acostumado com ele ainda, foi caso de amor sim. Caso de amor que se estendeu pelo presente de aniversário que ganhei do namorado, o tão sonhado Kindle. Que aliás eu ainda não usei tanto quanto gostaria mas que já amo intensamente. Minha mochila e costas agradecem.

No meio de tanta correria, consegui desfrutar da visita da Crespa e diminuir só um pouquinho a saudade que sinto dela. Além de ficar quase 8 fucking horas com ela dentro de um estúdio de tatuagem (e ainda sair sem nenhum rabisco, pois é).

Teve idas na casa do pai pra resolver uma coisa ou outra [...] — filha a impressora não tá funcionando, vemk [...] e poder conversar com o Simon (sim, o cachorro) pra ver como ele está (cada vez maior aliás). Assim como também fazer carinho no cachorro da amiga enquanto ela se arrumava, entre nosso caminho do trabalho para a faculdade. Luck super aprova essas visitas.

Por fim, cheguei aos 27 (ou vinte e tantos, ou quase 30) no final do mês. Curti o dia numa nice, bem tranquila. Comemorei comendo coisinhas gostosas. Assim que eu gosto.

E claro, videozinho do mês sim que é pra não perder o costume. Então né, solta o play ou clica aqui.


+ post que a gabi barbosa fez sobre o kindle
+ newsletters que fiz em março, edição 04 e 05
+ vídeo novo, expectativa vs realidade

♥ 

27 março 2017

Expectativa x Realidade

Queria gravar alguma coisa além dos vídeos de fragmentos que faço todo mês mas nunca decidia sobre o que gravar. Até cheguei a perguntar no site faces e twitter pra ver se alguém me dava alguma ideia que eu conseguisse por em prática. gloriaosdeuses (e aos amigos que deram ideias, obviamente), esse dia chegou.


Peguei a ideia da Bessie B de fazer algo numa pegada EXPECTATIVA vs REALIDADE e falei de 5 coisas que eu achava que seriam de uma forma e acabaram sendo de outra. Coisas da vida né? É.

A quem interessar, só soltar o play (ou clicar aqui).


Ah, continuo aceitando ideias (na verdade implorando por elas, pfvrzinho vai) porque a ideia é gravar mais sim. Então, quem quiser ver essa carinha no youtubes novamente, joga as ideias pra bazinha faz favô.

© BMRTT
Maira Gall