menu
27.5.20

Desabafo e um pouco sobre Maio

Desde de que o isolamento social começou por aqui, lá pra meio de março, eu tinha a sensação de que estava conseguindo administrar minhas emoções, minha rotina, de forma até que bem tranquila. Segui com o trabalho, com as aulas. No geral não mudou muita coisa. O fato de que Toni e eu estávamos fazendo home office, saindo realmente só quando necessário e conseguindo readaptar a rotina dos dois numa boa em casa me passava segurança.

Mas nem tudo são sempre flores né? Mesmo que essa bolha me permita uma infinidade de privilégios, uma hora o desgraçamento mental chega. Ele chega quando seguimos acompanhando os jornais e vendo nossas previsões se confirmarem, a situação está piorando sim e sabe-se lá quando vai parar de piorar, quem dirá quando acabará. Ele chega quando vemos nossa rede de contatos e familiares não entendendo ou simplesmente ignorando a quarentena. Ele chega e vem junto o medo, a tristeza, a raiva. 

Entre desabafos já me falaram pra não me deixar estressar, principalmente com o que não tenho controle. Entendo o ponto, afinal não temos controle sobre os outros. Ainda assim, como que não nos deixamos afetar quando a decisão alheia nos põe em risco e faz com que essa quarentena fique cada vez mais sem precisão de término? Complicado.

Fica ai o desabafo e a brevíssima reflexão.

***


Entre dias difíceis de engolir e outros nem tanto, Maio foi mês de resolver correndo exames que estavam pendentes. A parte tranquilizadora pós exames e consultas foi saber que Sarinha está bem, que estamos bem. 


O padrão dos registros é por conta dos horários que paro para descansar, geralmente horário de almoço e pós aulas da faculdade. Já a barriga destapada é por conta do solzinho que bate pós almoço – amo ♥ – e porque dinossaurinha se mexe muuuuito e é simplesmente viciante ficar observando e interagindo. 

O registro do churrasquinho foi um momento super gostoso nosso no final de semana em que conseguimos curtir o silêncio da casa pós faxina. O fato de ter gasto energia organizando coisas da casa, ouvindo música, longe do instagram e da TV facilitou demais a esquecer um pouco todo o desgraçamento mental que tem nos acompanhado esse mês.


Outra coisa que me deixou mais leve e feliz foi enfim ter chego o berçinho da Sara. Já tinha mais de mês que tínhamos comprado e nem a NF tinha sido emitida ainda. Imaginem minha aflição pensando na possibilidade de Sarinha chegar antes do berço. Pois é.

Aproveitei essa pequena vitória pra encomendar as coisas que faltavam do enxoval, o que foi basicamente tudo. No fim do dia não aguentava mais medir berço, medir colchão, calcular prazos de entrega, decidir sobre o que era necessidade ou não, olhar sites e mais sites. 

Montar enxoval é caro, nem tudo se acha num mesmo site, dá raiva do frete. Tem hora que você quer comprar tudo porque tem muito coisa fofa e tem hora que você não quer comprar mais nada porque a maioria das coisas são super caras. É horrível e maravilhoso.

Enfim, seguimos no mixed feelings que viver um momento histórico permite. Tentando equilibrar o dia a dia na montanha-russa emocional, pensando em qual aglomeração quero me meter quando tudo isso acabar. Enquanto isso seguimos. 

Agora é torcer pra que as encomendas cheguem porque essa mãezinha aqui precisa de mais um pouquinho de paz no coração.

Espero que estejam todos bem ♥

32 comentários:

  1. "É horrível e maravilhoso." sinto que você definiu a minha vida haha

    Ai o berço é lindo! Você tem ótimo gosto pra decoração Ba!

    Mas tudo vai passar. Se manter ocupado realmente ajuda MUITO! Se cuidem do lado daí ♥

    ResponderExcluir
  2. amiga, entendo muito esse desespero que dá em ver pessoas próximas fazendo pouco de tudo que tá acontecendo. briguei muito aqui em casa por isso, me estresse demais, fiquei mal. só agora as coisas estão um pouco menos piores. sobre as notícias: se tá te fazendo mal, o melhor mesmo é dar um tempo sem ver (alienação as vezes é bom sim, haha especialmente pra preservar a saúde mental, precisei recorrer a isso nesses últimos dias). sobre o berço: AaaaaAaaaaAaaa ficou tão lindooooo ♥ e morro com essas fotos maravilhosas que vc posta da sua barriga, essa primeira é simplesmente PERFEITA <3

    ResponderExcluir
  3. ai ka, faço isso de vez em quando também. assistir os noticiários 24/7 só deixa a gente ainda mais indignada com tudo. é bem nesse feeling, umas doses de alienação pra manter a sanidade. ainda mais quando nem todo mundo aqui de casa entende né? sem condições kkkcrying

    e obrigada pelo carinho ♥ acho que essa barriga aqui é que tem me tirado dessa zona de stress louca. a menina não paaaara HAHAHAHA ♥

    ResponderExcluir
  4. muitos feelings né? HAHAHAHA ♥

    obrigada ♥ fico muito feliz :) a gente tenta ir se virando com o que dá, deixando a carinha da gente, aconchegante na medida do possível ♥

    ResponderExcluir
  5. O Desespero seu é totalmente compreensível, eu mesmo tenho um exemplo dentro de casa, minha mãe meio que não respeita a quarentena e insiste em sair. Eu espero que nada aconteça e que isso acabe rápido embora como você disse isso nos põe no risco dessa quarentena se estender ainda mais, o que sabemos é que passa né, isso sim, mas quando vai passar? Isso é o que mais dói, enquanto isso temos que submeter a uma rotina adaptada, estressante e ao mesmo tempo bastante limitada. Temos que seguir, e fazendo a nossa parte é claro. Quanto a essa barriguinha lindaaaaaa, ai eu to adorando esses feedbacks sobre tudo que ta rolando com a sua gravidez. Ai que amooooor! ♥
    .
    http://www.adeehmello.com/

    ResponderExcluir
  6. já é foda ver colegas furando a quarentena quem dirá então quando é alguém da nossa família, que tem contado direto com a gente né? complicadíssimo manter a sanidade assim :~ mas vamo que vamo entre surtos mesmo tentando um dia de cada vez e torcendo pra que isso acabe logo ♥

    ResponderExcluir
  7. Toma aqui um abraço virtual (o único possível nesses tempos). Ver as pessoas não entendendo ou ignorando a quarentena é realmente frustrante e estressante para quem tem noção do que está acontecendo. Meu pai que já tem distúrbios psicológicos está completamente em pânico e ontem falei com a minha mãe e a pressão deal desregulou completamente por conta de todo o stress. E eu aqui longe deles, não posso fazer nada. Total fora do meu controle. Aqui na Europa começando a reabertura e no Brasil esse caos. Realmente tem hora que é preciso se alienar das notícias para salvar nossa sanidade. Força e foco no momento presente. Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Ba! Tudo bom? Concordo com você e acho um desperdício estar havendo a quarentena e as pessoas não respeitarem as regras — será que elas não entendem que isso só vai adiar ainda mais o desfecho da situação e causar problemas para pessoas que não tem nada a ver com a vida delas? Enfim, espero que essa coisa chata de pandemia toda passe logo, porque eu já não aguento mais ver a vida do lado de dentro. Sua barriguinha de fora está uma graça! Quanto falta para a Sara vir? Eu me lembro da irmã fazendo enxoval e lembro que ela também olhava várias coisas em vários lugares diferentes... Mas faz parte, né? Depois é bem gostoso ver o quartinho todo pronto e com as coisinhas que vocês escolheram... Enfim! Bom domingo para vocês! Beijos!

    ResponderExcluir
  9. a sensação de impotência nessas horas deixa a gente ainda mais aflito né? complicado. além de que enquanto no brasil continua esse caos a gente fica sem saber quando as coisas vão começar a se regularizar. não é a toa que muita gente vai relaxando mesmo meio que no modo #deusnocomando porque é o que tá tendo pra manter a sanidade pelo visto. anyway, vamo que vamo com abraçin virtual ♥

    ResponderExcluir
  10. acho que tem uma parcela que não entendeu mas a maioria dos que escolhem furar acredito que não se importam mesmo. preferem ignorar etc. não consigo aceitar de que quem de fato tem acompanhado a situação toda escolhe numa boa postar #stayhome no insta na casa do coleguinha como se tivesse entendido a situação sabe? acho que a maioria não acompanha e só segue o fluxo, só segue o que os outros conhecidos fazem. ou seja, geral furando quarentena e só usando máscara por obrigação mesmo caso contrário não usariam. no que isso resulta? bom, tá ai o caos no brasil né? sabe-se lá os deuses quando as coisas vão começar a voltar ao "normal". mas vamo que vamo.

    sarinha tá prevista pra nascer fim de julho :) e comprar enxoval é isso mesmo hahaha ♥

    ResponderExcluir
  11. Isso tudo vai passar! Com calma e cuidado vai passar! Sinta-se abraçada! Fiquem bem! <3

    ResponderExcluir
  12. Fazia tempo que tinha vindo por aqui e não sabias que estava grávida! Que notícia maravilhosa :) Fico feliz que vc esteja (mesmo em meio aos percalços) conseguindo administrar bem sua rotina e seu estado emocional... nem imagino como deve ser lidar com tudo isso em meio a uma enxurrada de hormônios alterados! Mas olha, vai ficar tudo bem <3

    http://teorizar-me.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. eu amo acompanhar seus stories e achei mt fofo qd vc mostrou o berço chegando :') ♥
    só queria dizer que eu amo demais saber que o nome da sua filha é Sara.
    sério, eu quero muito ver ela vestida de dinossaurinha hahahaha acho que eu vou infartar.
    eu e meu companheiro também amamos muito jurassic park <3

    é difícil mesmo ser a 'chata exagerada' da família, que manda áudio berrando pro irmão sossegar em casa, mas não me arrependo. força aí ♥

    ResponderExcluir
  14. O frete das coisas poderia ficar mais barato agora que está todo mundo comprando online, né? Sinto que até facilitária o isolamento social. Seria um incentivo maior as pessoas não saírem na rua. Mas enfim... Estou ansiosa para acompanhar a vida do seu bebê!

    Muita saúde e paz para todos vocês.

    ResponderExcluir
  15. Me identifico com o desabafo do post :(
    (Dei uma breve sorrisa porque você chama a Sarinha de dinossaurinha e tava com a camiseta de Jurassic Park <3)
    Se cuidem por ai!

    Limonada

    ResponderExcluir
  16. Oi Ba, tudo bem?
    Passei por uns dias assim em meados desse tempo, até que parei de vez de assistir jornal. Tava tão ansiosa que só estava me fazendo mal. Mas depois de um tempo meio louco maio foi um mês bom pra mim. Vi minha sobrinha nascer, o que me fez esquecer um pouquinho desses tempos, mesmo que por pouco tempo. Te desejo o melhor e que sua Sarah chegue muito bem e com muita saúde. Fique bem.
    Abraços,
    Ava
    https://apenasava.com/

    ResponderExcluir
  17. Ai Ba, que complicado e revoltante ver as pessoas ignorando e não se ligando da seriedade do problema. Eu fico agoniada de longe, brigando com a família, aquela coisa e tal... imagino o stress ai tb.
    Eu espero que mais levezas encontre seu caminho nessa jornada e que Sarinha continue a crescer forte e que ela chegue cheia de saúde, trazendo muitas alegrinhas pra vocês.
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  18. É difícil mas você precisa manter a calma por você e pela Sara, infelizmente como você mesmo disse não da para controlar os que os outros fazem, o jeito é deixar para lá. Ah ja quero ver um tour pelo quartinho da Sara,

    ResponderExcluir
  19. é uma loucurinha mas a gente vai levando do jeito que dá né? ♥

    ResponderExcluir
  20. awnnn ♥ que bomm, fico muito feliz :)

    e meeeeenina eu sempre lembro de vocês porque sei que gostam muuuuuito também de jurassic ♥

    força pra nós né vamo que vamo

    ResponderExcluir
  21. nossa, ia facilitar muito!

    até a gente aqui já tá no modo ansiedade pensando em como vai ser tudo isso hahaha ♥

    ResponderExcluir
  22. vamo que vamo né? força pra nós ♥

    ResponderExcluir
  23. as vezes se desconectar é melhor mesmo né? dar uma limpada na cabeça, recarregar as energias. tenho feito isso também!

    vamo que vamo, força e muita saúde pra nós ♥

    ResponderExcluir
  24. é complicado né? mas como a gente não pode controlar o que os outros fazem só nos basta respirar fundo e encontrar leveza no dia a dia mesmo. com direito a alguns dias de bad mesmo porque faz parte mas vamo que vamo.

    ResponderExcluir
  25. a gente leva do jeito que dá e vamo que vamo, um dia de cada vez

    ResponderExcluir
  26. Nem fala Ba! A gente faz de tudo para essa quarentena acabar logo, com o mínimo de consequências ruins possíveis, mas tem gente que parece que não entende... Vontade de chorar mesmo. Mas não dá para se estressar com o que a gente não pode controlar, né? A gente se estressa, mas no final das contas o estresse acaba nos consumindo. Fiquem bem, seus lindos! Você vai ver quando a Sarinha nascer, que um monte de coisas que a gente acha que é essencial, não é tanto assim... No final dá tudo certo!

    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  27. montanha-russa de sentimentos né? mas acaba sendo por ai mesmo. a gente dá umas surtadas mas ai tem que respirar fundo pra não se deixar consumir. o famoso deus no comando porque já que a minha saúde tá dependendo dos outros pelo menos a mental eu tenho que tentar manter né. vamo que vamo

    ResponderExcluir
  28. ai, ba. que dias são esses, não tem como ficar omisso com tanta coisa ruim, eu sou a pessoa que consegue desvencilhar de todo tipo de notícia ruim, mas esses dias eu fui pego em cheio e maio foi um dos meses mais cruéis desde o começo da quarentena. estou feliz que por aí as coisas estão ficando equilibradas com sarinha e as pequenas conquistas, vem nenê traz essa alegria pro mundo. <3

    fica bem,
    & agora escrevo no historicoinfame.com, hihi.

    ResponderExcluir
  29. sim, maio pegou a gente de jeito né? socorro

    e tento pensar muito nisso, que daqui a pouco sarinha tá aqui no meio tendo 100% da nossa atenção pra trazer um tipo de exaustão totalmente diferente ♥ haha

    ResponderExcluir
  30. Ah como é difícil ser adulto hoje em dia, não é?
    às vezes só o que dá vontade é de ficar deitada, assistindo desenho sem se preocupar com nada, como fazíamos na infância, hHAHAHAHAH

    Mas espero que esteja tudo bem por ai, com vc e com a Sarinha <3

    ResponderExcluir
  31. saudades de quando a única preocupação era o horário que começava os desenho favorito né? HAHAHAHAH ♥

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial