menu
9.4.21

dino-sara no mato

Para desconectar — mesmo, não tem sinal de telefone e muito menos wifi — e sentir o dia com mais leveza. A nossa dose de descanso, de desaceleração da rotina. Dose não tão aproveitada com a frequência que a gente gostaria mas o suficiente pra sempre bater a saudade.

Canto de paz que me faz gostar de tantas coisas. Lá o café parece ser mais gostoso, talvez por conta da clássica xícara de vidro que tanto me lembra casa de vó. Gosto da vontade que dá de caminhar pelo terreno, mesmo em dias quentes. Gosto do som da água corrente, do grilo e até do galo. Gosto das tantas sensações boas que cada visita ao sítio me proporciona.

Gosto de como as visitas antes da Sara foram gostosas, as visitas com ela no forninho e agora com ela podendo conhecer esse espaço do seu próprio jeitinho. 









Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial