menu
11.1.22

É raro mas acontece muito

Na minha cabeça muitos textos para o blog foram escritos enquanto esperava Sara pegar no sono. Todos se perderam na memória assim que ela cochilou e peguei o celular na mão, ainda jogada na cama ao lado. Inclusive aconteceu o mesmo com o texto que mentalizei hoje antes de sair do quarto porque a janta ficou pronta. Era risoto de frango, a mais nova especialidade do Toni que acaba com qualquer ideia de equilíbrio que eu possa ter. Repito o prato até não conseguir mais.

Resumidamente, os textos falavam sobre a saudade que eu tenho desse espaço, da piada que é parecer que eu dou conta de alguma coisa aqui quando na maior parte do tempo muita coisa sai meia boca mesmo. Se eu consegui assistir a nova temporada de The Witcher nesse último final de semana muito provavelmente demorará mais algumas longas semanas antes de conseguir repetir a experiência seja lá com qual série/filme for. Semana passada até consegui ler umas páginas, no horário de almoço, de um dos livros que não terminei. No dia seguinte não deu tempo e no terceiro dia eu já não lembrava que tinha tentado voltar a ler. É raro mas acontece muito.

Fim de ano, mudança do endereço do escritório, retorno do trabalho presencial, Sara de férias da Creche. Sei nem como estamos vivos (não muito).

Sigo sem controle do tanto de registro que faço do dia a dia a ponto de já ter que fazer upgrade do Icloud. Sigo também esperando tempo & energia pra trazer pra cá o tanto de foto bonita que fiz de Sarinha (dá pra dizer que é pleonasmo né).

É isso, meio sumida mas meio por aqui. Dando aquele sinal de vida e aproveitando pra desejar um Feliz 2022 pra vocês :)
Postagem mais antiga Página inicial