menu
3.5.19

(quase) todo ano a mesma foto


Começo do mês passado demos um pulinho no sítio dos meus sogros. Algo que fazemos todo ano. Na clássica caminhada pelo terreno ficamos conversando sobre onde seria legal construir um chalé, sobre a horta que teríamos, sobre a estradinha que teríamos que construir, etc etc etc. Antes eu ainda brincava falando que, tendo wifi, o chalé poderia ser em qualquer canto. Já nessa última visita eu me peguei rindo porque, sinceramente, wifi pra quê? Uma varandinha no meio do nada, da serração, com um cafézinho e um bom livro já tá de bom tamanho. 

Isso me fez pensar um pouco em como a internet deixou de ser algo tão importante no meu dia-a-dia, no que diz respeito aos meus momentos de lazer. Claro, ainda está presente em boa parte das coisas que faço mas não é mais uma necessidade como antes era pra mim. Até me afastei de muita coisa, diminui o consumo de algumas redes, algumas até deletei do meu celular porque simplesmente não me faziam mais bem. E tudo bem, acho que faz parte.


Seguimos com o ritual, uma foto de cada um com o mesmo cenário. Já postei dos outros anos aqui (primeirosegundo e terceiro) e estou desolada que não fizemos isso ano passado. Mas como esse já é o quinto ano vou seguir com o ritual como se nada tivesse acontecido.


Enquanto eu não me escondo num chalé no meio do nada, sigo feliz que estou conseguindo manter o meu hábito de leitura. Retomando alguns livros que antes precisei abandonar e começando outros, por causa do meu trabalho, que nem cogitava ler. Manter essa rotina me deixa bem porque, além de de ser algo que amo fazer, me dá a sensação de que não tô vivendo nessa correria só pra pagar boleto. [risos nervosos]

Quando o esgotamento mental pede umas pausas eu paro pra assistir algo aleatório no netflix ou jogo um caça-palavras. Geralmente opto pela segunda opção. Aliás, uma das minhas melhores aquisições foi um livro com 365 caça-palavras e eu amo a ideia de que parece que ele nunca vai acabar.

No mais, a casa segue uma bagunça. Confortável, mas uma bagunça. Depois da última black friday demos uma pausa nas compras (porque né) mas pelo menos o mural de fotos segue firme e forte sendo atualizado todo mês. Phosfato, love you! :)

Não é publi (quem me dera) mas a quem interessar, tenho um cupom de desconto BARBARAL3426 de R$ 10,00 no primeiro mês de assinatura do Phosfato.

18 comentários:

  1. Que post gostoso! Amo posts aleatórios, sem grandes pretensões mas que acrescentam tanto!
    Eu tenho essa mesma ideia da vida, preciso fazer coisas por satisfação pessoal unicamente pra não me sentir uma máquina pagadora de boletos!

    Beijos!
    http://www.blogcoisaetal.com

    ResponderExcluir
  2. que bom que gostou ♥ satisfação pessoal, é isto! :)

    ResponderExcluir
  3. Camyli Alessandra4 de maio de 2019 21:46

    Que post gostozinho de ler... Adorei aidéia de se "esconder em um chalé no meio do nada..." e de como vc se desligou do mundo virtual por um tempo.... É necessario de vez enquando.

    ResponderExcluir
  4. chalezinho no meio do nada, sonho da vida ♥

    ResponderExcluir
  5. Também ando viciada, só que em cruzadas. Comprei um desses de 365 páginas e estou amando!

    ResponderExcluir
  6. me dá nervoso que não consigo jogar palavra cruzada, me sinto burraaaa HAHAHA SOCORRO mas queria

    ResponderExcluir
  7. Oi, B.! Como você está?
    Senti um cheirinho de mato, de café passado na hora, e até imaginei a cena da chuva chegando, e a gente podendo avistá-la de longe...
    Que calmaria é essa, né? Um privilégio poder fugir pra um lugar desses, nem que seja uma vêz por ano, por mês, ou quem sabe a sorte imensa de ir a cada quinze dias?!
    Incrível como a gente fica mais velho, maduro, e começa a valorizar coisas além da internet, né? Tipo reler aquele livro abandonado, deitar no chão e ficar sem fazer nada... Apesar da internet distrair, às vezes é preciso se afastar dela!

    Outra coisa que fico feliz por você é: leituras e caça-palavras!
    Comprei CRUZADOX, de 144 páginas, e estou completamente viciada de novo (cansei do caça-palavras), e voltei a ler livros também.

    Que coisa gostosa!

    Que seja um novo tempo pra gente: tempo novo de fazer coisas, descobrir coisas, amar coisas e se livrar de tantas outras coisas! hahahha

    Um beijo grande no coração! <3

    ResponderExcluir
  8. é tão bom poder se desligar de vez em quando né? até senti o cheirinho do café agora ♥ haha e menina, vocês tão me deixando com vontade de tentar palavras cruzadas também AAAAAAAA :)

    ResponderExcluir
  9. NÃÃOO Ba, não pensa assim não! Eu acho que é uma forma da gente se forçar a aprender palavras novas todos os dias.

    ResponderExcluir
  10. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAA ♥ ta bom, vou dar mais uma chance!

    ResponderExcluir
  11. Ah, esses posts seus tao gostosinhos de ler.
    Num lugar tão gostoso asssim, a gente até esquece de internet, a conexão é outra ♥

    ResponderExcluir
  12. AAAAAAAAAAAAA ♥ bem isso, a conexão é outra ♥

    ResponderExcluir
  13. que delícia uma casinha assim no meio do nada! antes eu torcia o nariz (com ou sem wi-fi), mas de uns tempos pra cá o dia a dia tem se tornado täo intenso e desgastante que a idéia de uma casa no campo me parece mais necessidade do que vontade. pq tem coisa mais gostosa do que fugir prum universo particular?

    ResponderExcluir
  14. ah tem isso também, vira questão de necessidade! dar um respiro etc etc etc a gente vai acumulando os perrengue, os stress do dia a dia e nossa, como é bom parar e esquecer disso tudo HAHA nem que seja só por um dia, pra recarregar as energias antes de voltar pra treta nossa de casa dia com os dóis pés né? HAHA

    ResponderExcluir
  15. adorei a primeira foto, parece uma passarinha na frente da árvore. <3 um sítiozinho assim afastado do caos é um sonho. deve ser uma delícia fugir pra lá de tempos em tempos para fazer um detox. esse abandono de certas redes tóxicas está se tornando um movimento pelo que estou reparando, vc não é a primeira que vejo comentar sobre isso. tem super meu apoio. :-**

    ResponderExcluir
  16. são tempos difíceis né? o corpo da gente começa a responder a tudo isso também. no fundo acho que todo mundo tá precisando de um detox, de vez em quando pelo menos, pra recarregar as energias :)

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Me identifiquei muito com o seu texto. Esse ano também me afastei de algumas redes sociais por simplesmente querer manter minha sanidade, e algo que era tão indispensável, se tornou completamente dispensável, e tenho vivido muito bem.
    Abraços,
    Amanda

    ResponderExcluir
  18. a gente aprende a viver sem e a apreciar outras coisas também né? :)

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial