menu
1.5.20

Diário de gravidez – segundo trimestre

VÉSPERA DA 26ª SEMANA - 18/04/20

É dinda, acho que a dino-sara roubou a tua tatuagem. 

Minha ideia inicial seria dar sequência no primeiro post que fiz contando algumas coisinhas sobre a gravidez, mas esse 2º trimestre foi tão mais tranquilo no quesito gestação em si que eu basicamente esqueci de seguir com as minhas anotações. But, como não é só de amnésia que vive essa grávida, segue algumas coisinhas que ainda me lembro.

As câimbras noturnas que me faziam acordar chorando de madrugada, entre um trimestre e outro, graças aos deuses deram um tempo. Devo ter quase infartado o Toni algumas vezes enquanto o coitado acordava assustado comigo me contorcendo e chorando. Era naquele nível de ficar pelo menos uns dois dias com a perna doendo. Quando acordava pela manhã eu ria mas era de nervoso mesmo. 

Falando no Toni, minha alimentação melhorou muito graças ao empenho dele de me fazer comer verduras. Caso contrário eu provavelmente seguiria com o mesmo paladar preguiçoso. Sim, shame on me! Arrisco até dizer que esse foi o primeiro cuspe a cair na testa. Quando falávamos sobre como seria quando ficássemos grávidos eu costumava falar que ia melhorar totalmente minha alimentação porque faria bem para mim, para o baby e facilitaria a introdução alimentar depois baseado no exemplo. Risos nervosos né? Os hormônios pareciam me fazer ficar ainda mais indignada com o fato de ter que comer algo que eu não gostava. Graças, os hormônios também deram uma trégua e acho até que as câimbras pararam por conta dessa melhoria na alimentação, juntando ao fato de que não tem mais visitinha a fast food. Can I hear an amen?

Claro, a saudade bate sim. Saudade de comer fast food mais vezes do que eu prometi a mim mesma que faria. Saudades de comer ovo com gema mole e maionese caseira. Saudade de extrapolar nos doces, mesmo não sendo muito fã, sem medo de desenvolver diabete gestacional. 

Só que ai as interações se intensificam. Percebo dinossaurinha chutar quando sinto cheiro de café, no pós almoço, quando o sol bate na barriga. Sinto chutar quando o Toni conversa com ela enquanto joga futebol no video game, enquanto trabalho e quando deito de lado ao me ajeitar pra dormir. Suspeito até que ela já curte um carinho, uma massagem, nos pés. É uma sensação muito doida! 

Enquanto isso, mudanças acontecem na casa também. Depois de dois anos nesse cafofo, foi graças a Sara que os acessórios do banheiro foram instalados. De vez em quando conversávamos sobre comprar suporte de toalha, do shampoo, papel higiênico, etc etc etc. No fim chegava o dia de irmos comprar e adiávamos para outro final de semana. But, barriga foi crescendo, foi ficando difícil me agachar e deu pra adiar mais não. Era instalar os suportes ou teria grandes chances de me quebrar toda no box. 

Sério, a mobilidade da gente muda demais. Eu basicamente saio da cama e do sofá rolando, pra não forçar a musculatura da barriga. Toni ri horrores e eu sou obrigada a rir junto porque a cena é realmente cômica. Andar rápido, vestir a calcinha, fazer as unhas dos pés, depilação? #kkkcrying


Até lembrei de outras coisas enquanto escrevia esse post mas como ele já está imenso vou deixar anotadinho no caderno para próximos capítulos dessa tentativa de diário de gravidez. 

Vou finalizar o post de hoje com algo que acho não ter comentado aqui em detalhes. Foi basicamente assim que descobrimos o sexo do dinossaurin:

Médico — Já sabem o sexo do bebê? Ó, aqui tá a perereca dela!

♥ 

20 comentários:

  1. Acompanhava seu blog muito tempo atrás - quando eu ainda tinha o meu - e hoje do nada entrei no Bloglovin’ pra ver o que tava acontecendo no mundo blogueiristico pq fazia um tempo que eu não olhava nenhum sequer que eu via durante a adolescência e o primeiro post que apareceu foi esse.
    Me assustei um pouco quando vi e corri ler as postagens pra me situar hahahaha e sério, deu um quentinho no coração ❤️
    Já me atualizei do baby e desejo todo o amor e felicidade do mundo para vocês três.

    E posso te contar? Ler seus posts novamente e acompanhar sua gravidez me deu vontade de voltar a escrever.
    Um grande beijo ❤️

    ResponderExcluir
  2. kkkk amei!
    quem nunca se frustrou com a expectativa x realidade né? eu aqui vivo me imaginando quando tiver gravida vou fazer assim, vou fazer assado, mas... na hora tudo muda kk.
    eu sou a maniaca dos doces, por mais que eu tente reduzir o consumo ainda é algo muito dificil, ter que controlar essa parte na gravidez vai me deixar mega estressada, pois eu sem doce viro uma possivel reu primaria. kkk
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Amando todo seu processo de aprendizado com sua dino-sara <3
    Parabéns, aliás, toda atrasada, mas desejo tudo de mais maravilhoso pra vcs, Bá! ^^

    Beijooo!

    ResponderExcluir
  4. morta com esse final e com o médico, socorro HAHAHAHAHAHAHAHAHAHHA ♥ meu deus, bá. que amor acompanhar o desenvolvimento da dino-sara dentro da sua barriga e de vocês como pais, to amando demais mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Que amorzinho ♥
    É uma fase tão boa, que bom que vc está curtindo, mesmo as coisas "ruins" hahahahahah

    Adoreiiii a revelação do sexo, hahahahahahaah

    Beijos
    Jardim de Peônias

    ResponderExcluir
  6. haha nossa seu médico é sem papas na língua né?!




    Ah mas acho tão gostoso saber desses detalhes que vão mudando no dia a dia de vocês ♥

    ResponderExcluir
  7. É tão bom ler esses relatos.. fico morrendo de medo de engravidar e sofrer com minha alimentação, ainda mais porque amo doces.

    ResponderExcluir
  8. Lendo o seu post, me lembrei do meu tempo de barriga (aliás, sem nenhuma saudade, hahaha).
    Eu também meio que andei torto no caminho de me alimentar melhor, não é que eu só comia besteira, mas elas ganharam muito mais destaque na minha alimentação. Eu até tentava comer coisas boas, mas sempre dava um jeito de parecer mais gostosas, tipo um pesto de beterraba (ficou ótimo!).
    Eu não tinha problemas de me levantar ou de colocar os meus próprios sapatos, não sei dizer se minha altura (1,50) ajudou, mas eu soube me virar bem sozinha.
    Quando eu descobri o sexo da minha filha, foi bem... frustrante, HAHAHA! Eu queria um menino, e quando o médico disse que era uma menina, eu soltei um "aaaaaaa" na sala junto com a minha mãe, hahaha. Hoje nem me imagino como seria sem ela.
    Você está linda! Boa hora e força! ♡♡♡
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Hahahaha, ótima a forma como o médico comunicou o sexo!
    Quando você falou sobre fast food, lembrei de uma história sobre a gravidez da minha mãe que até hoje é uma piada pra gente: eu deveria ter nascido no fim do mês, mas nasci no dia 11, um dia depois de ela ter comido no Habib's (e diga-se de passagem, comido muito).

    Beijos!

    Limonada

    ResponderExcluir
  10. eeeee coisa boa ♥ eu amo quando leio textos que me inspiram a voltar a escrever. saber que os meus textos também fazem isso com os outros me deixa ainda mais feliz ♥

    ResponderExcluir
  11. a gente imagina mil coisas e eu só consigo pensar no tanto que eu vou morder a língua HAHAHAHAAH

    mas sabe, eu achei que ia sofrer por não poder tomar muito café principalmente no começo da gravidez. e eu tipo tomava MUITO café no trabalho. só que eu simplesmente não tinha vontade. só do meio para agora a finaleira da gestão que eu fui sentindo saudades de um cafezin de novo e mesmo assim nem consigo tomar muito :)

    então é aquela né, tem coisa que a gestação deixa a gente doida (tipo eu queria muito comer fast food toda hora haha) e tem que coisa que ele diz 'ok, tá tranquilis viu' HAHAAHHA

    ResponderExcluir
  12. é muito doido e é muito gostoso poder compartilhar isso aqui ♥ até pra rir depois das expectativas quebradas hahaha

    ResponderExcluir
  13. eu ri demais HAHAHAHA e fiquei feliz porque eu era única que achava que era menina HAHAHAHAHAHA ♥

    ResponderExcluir
  14. a gente tenta focar nas coisas boas pra não endoidar né hahaha

    ResponderExcluir
  15. eu amei o médico por ter dito dessa forma hahaha ele parecia todo sério nos primeiros ultras

    ResponderExcluir
  16. o fato é, nunca é 100% como a gente imagina hahaha as vezes o corpo ajuda (não senti tanta vontade de tomar café e é uma das coisas que tem que reduzir) e as vezes ele desgraça a gente (porque eu queria fast food todo dia alias saudades fast food) hahaha

    ResponderExcluir
  17. os hormônios desgraçam a gente né? eu só ficava pensando MEUDEUS ME DÁ VONTADE DE COMER ALFACE SEI LA POR FAVOR HAHAHHHAHAAH

    então guria não sei se são meus 10cm a mais ou o sedentarismo dessa quarentena mesmo que dificultam a locomoção e outras coisas HAHAHAHAHAHA ♥

    ResponderExcluir
  18. eu amei o jeitin de contar HAHAHAHAHA

    olha, se não fosse a quarentena eu muito correria esse risco HAHAHAHAHAHAHAH

    ResponderExcluir
  19. Aqui tá a perereca dela hahhahahhahahha Ainda bem que as cãimbras pararam pq ninguém merece sentir aquela dor. Feliz em saber que tua alimentação melhorou! \o/ Que continue assim para dar o exemplo. :-)

    ResponderExcluir
  20. glória aos deuses e verduras porque caimbra de gravidez é uma coisa bizarra de dolorida hahaha além de que o toni sempre acordava apavorado achando que eu tava parindo hahaha

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial