menu
13.12.20

Registrando e recordando


Registros de outubro & novembro e ainda fico assustada em como esse ano parece ter passado em um piscar de olhos, apesar de tantos e tantos dias difíceis. Aproveito então o hábito de separar memórias de tempo em tempo e registrar aqui que é pra não deixar cair no esquecimento. Em tempos difíceis, afinal 2020, esse hábito vira questão de necessidade mesmo.


Ainda bem que o hábito permanece. Lembrar de dias em que deu vontade de arrumar a cama, dos nossos momentos e rituais. Reassistir os mesmos filmes praticamente toda semana, fazer Sara dormir no carrinho (o que parece que foi ontem mas a danada já quase nem cabe mais nele), de ver o Toni trabalhar. 


Contemplar o tamanho do cabelo nos breves momentos em que ficava solto após o banho, o caos da horta em dias de sol e a genética me trolando ao deixar Sarinha completamente a cara do pai mesmo depois de passar 9 meses no forninho. Cadê meu DNA?


Ficar feliz por conseguir fazer várias coisas durante uma única soneca da Sara. As sonecas geralmente são curtas e não dá pra fazer muito coisa de uma vez só. Então quando esse tipo de coisa acontece a sensação de satisfação é enorme. 


Dias que cada segundo dá vontade de guardar num potinho e a galeria do celular que lute. Vamos testando filtros do instagram e explorando cantos desse espaço que chamamos de lar. 


Talvez até pareça monotemática demais, mas é inevitável. É como decidi me agarrar em tempos de isolamento, pra tentar manter o coração tranquilo e seguir os dias com mais leveza. Redescobrir e curtir momentos nossos do dia a dia, nessa fase tão cheia de novidades e descobertas. Seguir registrando e recordando. 


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial