menu
27.3.21

Life as vezes is good

Já perdi o controle da galeria do meu celular, infinitas fotografias e vídeos que eu espero um dia conseguir trazer pra cá. A vida segue (ainda mais) corrida e, portanto, sem grandes mudanças. Enfim tendo que encarar o meu TCC, que tantas vezes comentei por aqui que iria iniciar mas que né, a vida foi acontecendo e ele foi ficando pra depois. O depois chegou e como é só o que me resta para finalizar essa graduação, não tenho mais como escapar. Eu que lute.

Março chegando ao fim depois de durar alguns anos luz, totalmente intenso e caótico. Não é a toa que iniciei a leitura de alguns livros, na esperança de manter o ritual, e falhei miseravelmente porque estava física e mentalmente exausta demais para me concentrar em qualquer outra coisa. Cheguei a esquecer completamente que teria encontro do clube do livro que participo, o Lendo Juntas, simplesmente por não me dar conta que já tinha se passado duas semanas do último encontro (socorro, eu nem encostei no livro). Graças, por mais sorte que juízo, o encontro foi adiado. obrigada @ deus & sorry meninas!

Agora tô aqui desfrutando da vitória do dia que é um combo doido de: a paz da casinha limpa e cheirosa (o que diminui o surto quando a dino-sara inventa de lamber o piso); cama enfim no chão sem a base pra acalmar o coração desses pais que pariram uma criança que adora se arremessar de qualquer lugar; essa mãe enfim conseguindo usar o notebook pra qualquer coisa menos trabalho enquanto observa a cria dormir. can i hear an amen? Isso mesmo, aqui escrevendo esse post e o TCC bem bonitinha sentada no chão do quarto ignorando completamente as pernas dormentes (pois desprovida de nádegas). Um olho na tela, o outro na cria. amen!

E, porque toda aleatoriedade é pouca, fiquem com esse belíssimo registro dessa que vos fala. Descabelada testando filtro na rede ao lado e saindo completamente gatilhada com vontade de tatuagem e pierging. deus me free mas quem me dera.

Por fim, um resumão dos últimos dias: Sara chegou no seu 8º mêsversário (20), o cafofo fez 3 anos de existência (24) e eu cheguei no meus 31 patinhos na lagoa (26). Life as vezes is good, se a gente não pensar demais (sad and brazilian).

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial